segunda-feira, 17 de maio de 2010

Liberdade provisória foi concedida ao Padre Silvio Andrei

No início da tarde desta segunda (17/05), o padre Silvio Andrei compareceu ao Fórum de Ibiporã para receber o alvará de soltura, assinado pelo juiz Sérgio Aziz Neme. A imprensa e vários curiosos aguardaram ansiosamente a saída do padre, porém, todo um cuidado foi tomado para que o mesmo saísse discretamente do local.
Um fato que chamou a atenção foi a ‘disputa’ entre escritórios de advocacia para assumir o caso. Um segundo advogado mostrou interesse, mas Silvio Andrei preferiu manter José Adalberto Cunha, que acompanhou a situação desde o começo.

Fonte: Repórter JD - Agência Alternativa

Padre Silvio Andrei é preso em Ibiporã

A Polícia Militar de Ibiporã, através do Sargento Charles e dos soldados Edgar e Roni, prenderam por volta da 01h da madrugada deste domingo (16/05), o nacionalmente conhecido Padre Silvio Andrei de 40 anos, nas proximidades do Jardim Bom Pastor e da Capela Mortuária.
Segundo os Policiais, quando o veículo em que o padre estava foi abordado, um menor evadiu-se do local e partiu em fuga. O padre encontrava-se sem calças e visivelmente embriagado. Padre Silvio Andrei ainda ofereceu aos policiais dinheiro para ser liberado, mas acabou sendo preso por dirigir embriagado e corrupção ativa. O menor que fugiu até o momento não foi localizado.
O advogado de defesa, José Adalberto Cunha, disse que tudo não passou de um grande equívoco. O quadro de embriaguez do padre se deve ao fato do mesmo ter ingerido medicamento controlado com uma taça de vinho, durante a celebração de um casamento em Londrina.
Sobre a situação de Silvio Andrei ter sido encontrado semi nu, Cunha afirmou que ele havia vomitado em sua batina e retirou a mesma, ficando somente com roupas íntimas. O advogado defendeu que os policiais se enganaram quanto à tentativa de suborno. Já sobre a presença de um menor no interior ou próximo ao veículo, nada foi comentado.
Adalberto tenta agora a liberação de seu cliente com um pedido de liberdade provisória com o Juiz de plantão de Ibiporã.
No interior do veículo – um Fiat Idéia, também foi encontrado uma garrafa de água mineral com cachaça. Segundo o advogado foi um presente ganho após a celebração do casamento.
Muitas pessoas foram até a delegacia conferir se os acontecimentos eram realmente verdadeiros, o que gerou um certo 'tumulto'. A situação chegou a tal ponto, que uma mulher teve de ser contida por familiares após tentar agredir a imprensa – ela estava indignada com a prisão do Padre Silvio Andrei.

Fonte: Repórter JD - Agência Alternativa

Precisamos orar pelo Pe. Silvio Andrei, para que Deus o ajude neste momento tão difícil, e que ele tenha amplo direito de defesa, para esclarecer as acusações.

sábado, 8 de maio de 2010

Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes

A preocupação com o elevado número de crianças e adolescentes vítimas de abuso ou exploração sexual em todo o país e conseqüentemente em nossa cidade (Ibiporã), o Conselho Tutelar em nosso município, com o apoio da sociedade civil organizada, dará inicio a uma serie de atividades.
 Estão previstas diversas ações para este mês, entre elas a distribuição de material explicativo acerca do tema, durante blitze educativas realizadas em bares, restaurantes e similares, além das escolas e famílias que são acompanhadas por meio dos projetos desenvolvidos pelos parceiros.
Vale salientar que o abuso sexual corresponde à utilização do corpo de uma criança ou adolescente, por um adulto ou adolescente, para prática de qualquer ato de natureza sexual. A exploração é caracterizada pela utilização sexual de criança ou adolescente com a intenção de lucro ou troca, seja financeira ou de qualquer outra espécie. Esta ocorre de quatro formas: em redes de prostituição, pornografia, redes de tráfico e turismo sexual. Os materiais que serão distribuídos se refere aos direitos humanos e explica que a violação dos direitos sexuais, quer seja pela força física ou por coação, atrapalham o desenvolvimento físico, psicológico e social dos meninos e meninas. Entre as dicas apresentadas na cartilha e folderes informativos estão o diálogo, com linguagem clara e objetiva, entre os pais ou responsáveis com as crianças e adolescentes; e a negociação para solucionar conflitos.
As denúncias de abuso ou exploração sexual podem ser feitas pelos seguintes números: Disque 100 ou 190 da Polícia Militar e Conselho Tutelar 3178-0212.
Histórico - O dia 18 de maio foi escolhido para marcar a luta contra a violência sexual infanto-juvenil porque nessa data, em 1973, uma menina da cidade de Vitória (Espírito Santo) foi seqüestrada, espancada, estuprada, drogada e assassinada. O corpo dela foi encontrado seis dias depois, desfigurado por ácido. Os criminosos não foram identificados. Após muita mobilização houve a aprovação da Lei Federal 9.970/2000, que instituiu o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes.
A IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEÍA DE DEUS, será parceira nesta campanha. Acompanhe entrevista com representante do Conselho Tutelar de Ibiporã, terça-feira (11/05/2010) a partir das 12:30 pela Rádio Alternativa FM 87,9 ou pelo site: www.tudoibipora.com.br